sábado, 19 de fevereiro de 2011

Submundo e poesia. (A Menina II)






Ela disse que acredita no amor
E o meu coração já não sabe o que é verdade ou vontade


Ela fala em coisas maiores, me deixa com este sorriso de lado
E eu já não sei se está presente todo o meu passado


Começando de novo, renascendo das cinzas
Quero uma tarde de outono
Ter banho, sonho e dormir com minha menina
Que agora está sozinha
E eu desejei ser seu pensamento
Mas te ocupar por algum tempo
Já é coisa que me faz feliz (...)


Há tempo ainda de voltar a sorrir !
Haverá outra chance de me iludir ?
Quem disse ser real tudo que está coração ?
Prefiro a loucura, ela prefere solidão (...)
Mas, eu sei, estamos juntos
No submundo da poesia
quero que estas palavras toquem os olhos da menina.






João Rodrigues.

3 comentários:

Anônimo disse...

Sempe há! Me liga vai, deixa o orgulho de lado.

João disse...

ligar para o anônimo? opa, tá anotado rsrs!

Camila Clein disse...

PARABENS!
AMEI TEU TEXTO!
SOU FÃ AGORA..RS